Impostômetro

terça-feira, 23 de abril de 2019

"Cirurgiões-dentistas de Cuiabá recorrem ao CRO-MT por direitos trabalhistas"

Desde janeiro de 2019, a Prefeitura de Cuiabá não está pagando corretamente as horas extras para cirurgiões-dentistas que trabalham nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do município. A informação vem por parte de duas funcionárias do município, que buscaram auxílio do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) na área jurídica. De acordo com as profissionais, desde o início de 2019, a Prefeitura de Cuiabá alega que somente será permitido serviço extraordinário para atender a situações excepcionais e temporárias no limite máximo de 2h por jornada de trabalho, conforme o parágrafo único do artigo 71 da Lei Complementar 90/2003.

"Marcha para Jesus dos 300 anos deve reunir 40 mil pessoas em sua 25ª edição"

Com apoio da Prefeitura de Cuiabá, a 25ª edição do evento terá o show nacional do cantor Eli Soares e demais atrações . Em celebração aos 300 anos de Cuiabá – comemorados no dia 8 de abril -, o tradicional evento cristão “Marcha para Jesus” (um dos maiores do mundo), acontece neste sábado (27). A expectativa do Conselho de Ministros Evangélicos Cristãos de Mato Grosso (COMEC/MT), que organiza o evento, é manter o público dos últimos anos e reunir 40 mil pessoas.

sábado, 20 de abril de 2019

"Jogos de Futebol Amador: Competições da 2ª Copa Industrial de Futebol Amador de Várzea Grande vão até maio"

Os jogos envolvem 800 atletas e equipes da Educação.As disputas da 2ª Copa Industrial de Futebol Amador de Várzea Grande tiveram início no dia 14 de abril e vão até o mês de maio, com a grande final prevista para o dia 11 de maio no miniestádio do bairro Manaíra. De acordo com o superintendente de Esporte, Jadir Pereira, equipes de 40 bairros estão disputando a segunda edição do campeonato com 47 jogos previstos, envolvendo cerca de 800 atletas. Os jogos estão ocorrendo durante os finais de semana nos miniestádios municipais dos bairros Manaíra, Jardim dos Estados, Souza Lima, Mapim e Vila Olímpica Carrapicho.

"Ana Amélia Lemos e Murillo de Aragão estão confirmados para o Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia, no dia 2 de maio"

A escolha do tema do 11º Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia aponta um cenário vigente de radicalismos, onde a sociedade perde a capacidade de discussão e debate sobre temas importantes para o desenvolvimento do país. A liberdade de imprensa é um desafio fundamental neste cenário de polaridades, pois garante que a sociedade chegue a consensos e edifique a democracia e os direitos humanos. Murillo de Aragão, presidente do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional, contextualizará “A liberdade de imprensa em tempos de radicalismo na história do Brasil”.

"Entidades de direitos humanos pedem julgamento de assassinos do radialista Valério Luiz"

As organizações Repórteres Sem Fronteiras (RSF), Artigo 19, Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Instituto Vladimir Herzog e o Comitê para Proteção dos Jornalistas (CPJ) se uniram para clamar à Justiça brasileira pelo julgamento do assassinato do radialista Valério Luiz de Oliveira. O jornalista esportivo foi morto em 5 de julho de 2012. Em 1º de abril, o juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 3ª Vara dos Crimes Dolosos Contra a Vida de Goiânia, anunciou a suspensão por prazo indeterminado do processo que julga o crime.

sexta-feira, 19 de abril de 2019

"DIA DO ÍNDIO: Seduc investe na qualificação de professores da educação escolar indígena"

São 460 professores com curso superior nas escolas indígenas e 120 estão em formação em Mato Grosso. Mato Grosso conta hoje com uma política sólida no atendimento escolar indígena. É o primeiro Estado no país a oferecer formação superior para professores indígenas em projetos específicos. O corpo docente da educação escolar indígena na rede estadual dispõe de 460 professores com curso superior e 120 em formação. “A Secretaria de Estado de Educação possui um projeto de formação inicial superior. Ele existe por meio de um convênio com a Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat)”, destaca o coordenador de Educação Escolar Indígena da Seduc, Sebastião Ferreira.

"O comediante que pode se eleger presidente da Ucrânia"

Humorista ucraniano Volodymyr ZelenskyApoiado nas redes sociais e na fama por série de TV em que interpreta presidente, Volodymyr Zelensky está a um passo de se tornar chefe de Estado. Críticos suspeitam de influência de oligarcas. O ditado "quem ri por último ri melhor" poderia ser aplicado duplamente no caso de Volodymyr Zelensky. O homem, que há anos tem feito as pessoas rirem em tempo integral, tem todas as chances de vencer o segundo turno da eleição para presidente da Ucrânia neste domingo (21/04).

"Oposição desafia governo em aniversário de protestos na Nicarágua'

Mulher levanta bandeira da Nicarágua enquanto é observada, ao fundo, pela tropa de choque da políciaUm ano após início de atos pela renúncia do presidente Daniel Ortega, coalizão opositora denuncia prisão de 67 manifestantes. Autoridades vetaram marcha sob alegação de que organizadores perturbaram a ordem pública. Na Nicarágua, opositores se mobilizaram nesta quarta-feira (17/04) para protestar contra a repressão e as prisões ocorridas desde o início das manifestações contra o governo do presidente Daniel Ortega, há um ano. No entanto, a polícia impediu os manifestantes de marchar nas ruas e, segundo os organizadores, houve ao menos 67 detenções.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

"Sessão solene celebra o Dia Nacional de Luta pela Reforma Agrária"

Homenagem Ao Dia Nacional De Luta Pela Reforma Agrária
A Câmara dos Deputados celebrou nesta quarta-feira (17) o Dia Nacional de Luta pela Reforma Agrária. A data relembra o massacre de Eldorado do Carajás, em 17 de abril de 1996, quando 19 trabalhadores sem-terra foram assassinados em ação da polícia do Pará, enquanto protestavam pela reforma agrária.
“Na conjuntura atual do nosso país, nada temos a comemorar. Mas a data de hoje é motivo para reafirmar nossa resistência e a dos trabalhadores e trabalhadoras rurais contra retrocessos, e a nossa luta pela garantia dos direitos à terra, educação, soberania e igualdade”, disse a deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), uma das parlamentares que solicitou a sessão solene.

"Comissão que analisa reforma administrativa de Bolsonaro aprova plano de trabalho"

A comissão mista que analisa a Medida Provisória 870/19 aprovou nesta quarta-feira (17) o plano de trabalho proposto pelo relator, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). A MP define a estrutura administrativa do governo Jair Bolsonaro. A agenda de trabalho prevê três dias de audiências públicas, na próxima semana, apresentação do relatório em 7 de maio e votação no dia seguinte.

"CCJ retomará na terça-feira a análise da reforma da Previdência"

Reunião ordináriaO presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), Felipe Francischini (PSL-PR), suspendeu a reunião iniciada nesta manhã e anunciou que na próxima terça-feira (23) será retomada a discussão sobre a proposta do Executivo para reforma da Previdência (PEC 6/19).
O relator, deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), deve se reunir com parlamentares e líderes partidários para analisar eventuais mudanças em seu parecer. Foram apresentados 13 votos em separado, em contraponto ao parecer apresentado no último dia 9.

quarta-feira, 17 de abril de 2019

"Governo não teve intenção de divulgar vídeo comemorativo de 1964, diz ministro"

Audiência pública para esclarecimentos sobre a recente divulgação de vídeo, através de rede social do Palácio do Planalto, em defesa do golpe militar de 1964. Ministro da Secretaria de Governo, General Carlos Alberto
O ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, afirmou que não foi proposital a divulgação de um vídeo pelas mídias sociais do Palácio do Planalto, no dia 31 de março deste ano, comemorando a ditadura militar instalada no Brasil em 1964.
O ministro fez as declarações, nesta terça-feira (16), durante audiência pública da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados.

"Ex-ministro defende modelo de repartição da Previdência; secretário critica custo fiscal"

Seminário: O Regime Próprio e do Regime Geral da Reforma da Previdência. Ex-Ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel RossettoO ex-ministro do Trabalho e Previdência Social no governo Dilma Rousseff, Miguel Rossetto, defendeu nesta terça-feira (16) o modelo de repartição do sistema previdenciário, que hoje vigora no País. Para ele, o modelo é socialmente mais justo e pode ser financiável no longo prazo. “O modelo previdenciário de repartição é sustentável e, mais do que isso, é necessário para um projeto de país igualitário”, disse.